AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2020

Deputado estadual Antonio Moraes (PP-PE), Presidente da Comissão Especial das Barragens, presidiu a última reunião ordinária


A Comissão Especial das Barragens realizou, nesta quarta (5), sua última reunião ordinária, na qual apresentou um resumo das atividades realizadas desde março de 2019. Criado com o objetivo de evitar que tragédias como a de Brumadinho (MG) se repitam em Pernambuco, o colegiado finalizou os trabalhos avaliando positivamente o impacto da pressão realizada pelo Parlamento Estadual sobre o setor. 


Como encaminhamento, vai propor um projeto de lei visando tornar mais efetivas as regras de segurança para as represas do Estado, devendo apresentar a minuta, juntamente com o relatório da atuação, já na próxima semana. “A Comissão contribuiu para fomentar a cultura de segurança nesses equipamentos, o que resultou na instituição de uma gerência para o setor na Compesa, no esvaziamento da Barragem de Bicopeba, em Paudalho, e no recomeço das obras de Jucazinho, em Surubim”, citou o relator do grupo parlamentar, Romero Sales Filho (PTB). Nos 11 meses de existência, foram realizadas 17 reuniões e visitas técnicas, vistoriando reservatórios como os de Serro AzulJazigo, Serrinha, Brotas, Duas Unas e Goitá, além de Lagoa do Carro, Jucazinho e BicopebaPara o presidente da Comissão Especial, deputado Antônio Moraes (PP), o colegiado foi importante para assegurar que medidas preventivas fossem realizadas em casos mais urgentes, como os de Bicopeba e Jucazinho. “Evitamos que alguma tragédia viesse a ocorrer, principalmente se tivéssemos um período de chuva mais intenso”, avaliou o parlamentar. O deputado Tony Gel (MDB), também presente à reunião, endossou a observação. 

Fonte Blog do Djalma Lopes

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário