AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

Cidade chinesa diz ter encontrado coronavírus em embalagens de carne bovina brasileira


 

Wuhan, que já foi epicentro da pandemia, afirma que detectou 3 amostras do vírus na parte externa de pacotes de um frigorífico da Marfrig que chegaram ao país em agosto. Empresa disse que não vai comentar o caso.




A cidade chinesa de Wuhan comunicou nesta sexta-feira (13) que detectou o novo coronavírus em embalagens de um lote de carne bovina de um carregamento de agosto da empresa Marfrig, informou a agência de notícias Reuters.

A Comissão Municipal de Saúde de Wuhan disse que encontrou 3 amostras positivas na parte externa de embalagens de carne bovina congelada e desossada do Brasil. O código de registro do exportador de embarque de carne bovina indicou que o produto veio da unidade de Várzea Grande (MT), da Marfrig Global Foods.

Essa unidade teve as exportações suspensas para a China do fim de junho até o dia 23 de outubro, quando o país voltou a autorizar produtos vindos do frigorífico matogrossense.

A carne bovina entrou no país no porto de Qingdao em 7 de agosto e chegou a Wuhan em 17 de agosto, onde permaneceu em um frigorífico até recentemente.

Como a exportação de carne ocorre por navios, as mercadorias podem demorar meses para chegar ao destino, isso pode explicar a entrada do produto durante o período o embargo, ou seja, a carne pode ter sido comprada pelos chineses antes da suspensão.

A Marfrig informou à Reuters que não vai comentar o assunto. O G1 procurou o Ministério da Agricultura e, até a última atualização do texto, não houve resposta.

Não é a primeira vez que as autoridades chinesas encontram a presença do novo coronavírus em embalagens de produtos brasileiros.

No início de outubro, o governo chinês detectou o novo coronavírus em uma carga de carne bovina da Minerva Foods, suspendendo a empresa por uma semana. O embargo já acabou e o frigorífico pode voltar a exportar normalmente.

Recentemente, também houve problemas em cargas de carne de frango e pescados (relembre mais abaixo).

As autoridades chinesas também encontraram o coronavírus na embalagem da carne bovina argentina esta semana, e outra amostra de carne bovina importada foi considerada positiva em Shandong, disse a província na sexta-feira.


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário