Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

domingo, 22 de janeiro de 2017

Mais uma pessoa foi assassinada neste domingo 22/01 em Vicência Pernambuco


Na noite deste domingo 22/01/2017, mais um homicídio foi registrado na cidade de Vicência, desta vez no Distrito de Murupé, na Zona Rural da cidade.


Segundo as primeiras informações, a vítima foi identificado até o momento como Felipe, o mesmo foi morto a tiros.

Ainda não se sabe a motivação e nem a autoria do crime, o corpo da vítima será recolhido e encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, o IML do Recife.


A polícia investigará o caso.



Fonte Timbauba Noticias

Timbaúba: Duas pessoas foram alvejadas a tiros próximo ao Pátio de Eventos


Na noite deste domingo 22/01/2017, duas pessoas foram baleadas próximo ao Pátio de Eventos, na cidade de Timbaúba, na Mata Norte de Pernambuco.


Segundo as informações de populares as vítimas são pai e filho, os dois foram alvejados com disparos de arma de fogo, o pai na região das costa e o filho no braço.

A Equipe do SAMU de Timbaúba foi acionada e socorreram as vítimas para a Unidade de Pronto Atendimento UPA, onde receberão atendimento médico e posteriormente serão transferidos para um Hospital no Recife.


A autoria e a motivação das vítimas terem sido baleadas são desconhecida, a polícia esteve no local e investigará o ocorrido.



Fonte  Portal Timbauba Noticias

Mulher foi assassinada em Vicência Pernambuco


Na tarde deste domingo 22/01/2017, uma mulher foi assassinada na cidade de Vicência, na Mata Norte de Pernambuco.



Segundo as informações, a vítima foi indendifica até o momento como Leandra, conhecida também como Tróia a mesma já teve várias passagens pela Funase quando era menor de idade, ela  foi morta à tiros na Rua do Sapo, a autoria docrime é desconhecida.


O corpo da vítima foi recolhido e encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, o IML do Recife.




Fonte Portal Timbauba Noticias

Desconhecido é encontrado morto nas terras da Usina Maravilhas


Um homem ainda não identificado foi encontrado morto na manhã deste sábado (21), nas terras da Usina Maravilhas, no município de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco.




Segundo a polícia, o corpo da vítima foi encontrado em avançado estado de decomposição, além de ter o pescoço aparentemente devorado por algum animal, em uma área conhecida como Engenho Novo, próximo da fábrica Klabin, na zona rural.



O corpo do desconhecido foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), no Recife. Policiais Civis da 16ª Delegacia de Homicídios de Goiana, sob o comando do delegado Altemar Mamede Leite, investigam o caso.


O delegado pede ajuda da população para identificar a vítima. Qualquer informação poderá ser comunicada anonimamente à Delegacia, através do fone: (81) 3626‐8514









Fonte Coisas de Timbauba





Multas por falta de uso do farol em rodovias do Grande Recife voltam a ser aplicadas em fevereiro


Abordagens educativas serão feitas pelo DER-PE a partir de segunda (23). Multas por ausência de farol de dia haviam sido suspensas por falta de sinalização.


Resultado de imagem para farol de carro em rodovia


O Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE) inicia uma ação educativa para alertar os motoristas sobre a obrigatoriedade do uso do farol aceso nas rodovias do Grande Recife durante o dia a partir desta segunda-feira (23). O órgão volta a multar os motoristas que circularem por rodovias com os faróis desligados no dia 1º de fevereiro. As multas haviam sido suspensas por falta de sinalização dos trechos de rodovias estaduais que cortam áreas urbanas.


Além da ação educativa, também foram instaladas placas indicativas nas vias estaduais, referentes à obrigatoriedade do uso do farol aceso nas rodovias. Ao todo, são 153 placas indicando a obrigatoriedade de utilizar faróis ligados durante o dia, distribuídas nas 25 rodovias que cruzam a Região Metropolitana do Recife.


A Lei Federal 13.290/2016, referente à obrigatoriedade do uso do farol nas rodovias, prevê multa de R$ 130,16. Além da penalidade financeira, o motorista infrator recebe quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).
A ação de conscientização, realizada em parceria com o Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), acontece nas principais rodovias estaduais da Região Metropolitana do Recife (RMR) até o dia 31 de janeiro. De acordo com o órgão, as abordagens não têm o objetivo de penalizar os motoristas nesse primeiro momento, mas sim de alertá-los para a necessidade do uso do farol nas rodovia.
Placas indicativas foram instaladas nas estradas estaduais que cortam áreas urbanas do Grande Recife (Foto: Katherine Coutinho/G1)

Em agosto de 2016, o DER-PE resolveu adiar o período de fiscalização de caráter educativo, suspendendo as punições. Em outubro, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) voltou a multar motoristas que trafegam pelas rodovias no estado com o farol baixo desligado durante o dia. No dia 29 de julho deste ano, a Justiça de Pernambuco havia suspendido as multas e anulou as punições para os motoristas que trafegavam com o farol baixo desligado durante o dia.


medida teve validade para casos registrados em 15 rodovias estaduais do Grande Recife. Entre elas, a PE-01 (Olinda), PE-15 (Olinda) , PE-05 (Camaragibe) e PE-08 (Jaboatão dos Guararapes), além de PE-60 (Cabo de Santo Agostinho) e PE-35 (Itapissuma).
A lei federal entrou em vigor em 8 de julho e determina que o farol seja usado em todas as rodovias, mesmo durante o dia. No primeiro mês de validade da regra, entre 8 de julho e 8 de agosto, a Polícia Rodoviária Federal registrou 124.180 infrações nas rodovias federais.

Pernambucana tira nota mil na redação do Enem 2016



Amanda Lobo é uma dos 77 candidatos que tiraram a nota máxima na redação do Exame



Dos 6,1 milhões de estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), apenas 77 pessoas tiveram nota mil na redação. E entre os 77, está a pernambucana Amanda Lobo, de 20 anos.
Moradora do bairro Parnamirim, Zona Norte do Recife, Amanda pretende cursar medicina na Universidade de Pernambuco (UPE), e conta que já havia passado no curso escolhido no ano passado, mas queria transferir para a UPE. “Em 2015, quando prestei pela quarta vez eu tirei 980 pontos na redação e consegui entrar na UFCG (Universidade Federal de Capina Grande). Comecei o curso no meio do ano passado”, explica a estudante.

Segundo a recifense, a maior dificuldade na preparação foi o tempo para estudar. Além de ter dislexia, Amanda não se preparou para a redação. “Eu fiz cursinho durante alguns anos, mas parei no meio do ano passado para poder me dedicar à faculdade. Em 2016, eu não estudei para a redação, fiz a prova pelo que já tinha aprendido em anos anteriores, mas não achava que ia tirar mil”, comenta.

Devido às ocupações das escolas e universidades por grupos contrários a mudanças educacionais no Brasil, o Enem foi adiado para alguns participantes. E em 2016, os temas das redações do Enem foram "Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”, nos dias 5 e 6 de novembro, quando a maior parte dos candidatos fez a prova; e “Caminhos para combater o racismo no Brasil”, nos dias 3 e 4 de dezembro. A pernambucana participou da primeira prova e disse em entrevista exclusiva ao Portal LeiaJá que ficou surpresa pelo seu desempenho. “Eu não achava que tinha tanta base para o assunto, mas estou orgulhosa de mim. Até porque tenho dislexia e é um desafio para fazer a prova”.

Esta é a quinta vez que a recifense presta o Enem e estava viajando quando recebeu a notícia pela sua mãe. “Minha mãe que me contou e logo toda a família estava sabendo. Estamos muito felizes”, finaliza Amanda.

Menos redações nota mil

O resultado do Enem foi divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na última quarta-feira (18) e, de acordo com MEC, o número de notas máximas foi bem abaixo das 104 registradas em 2015. Dou outro lado, aumentou o número de candidatos que zeraram ou tiveram a redação anulada no ano passado. Foram mais de 291 mil.

De acordo com a presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, um dos motivos para o zero ou anulação foi fuga ao tema. Ao todo, 46.854 candidatos não seguiram a temática sugerida na prova. Além disso, foram apontados como motivos para os resultados ruins o não atendimento das características do texto dissertativo, cópia do texto base, falta de respeito com os direitos humanos, entre outros. Em relação a esse último ponto, mais de 4 mil candidatos apresentaram proposições que ferem os direitos humanos.

Provas do Enem

O MEC divulgou os desempenhos máximos e mínimos em cada prova do Enem. Dos 8.630.306 inscritos no Enem 2016, 2.494.294 (28,90%) faltaram ao exame. Além disso, 3.942 (0,05%) foram eliminados no primeiro dia e 4.780 (0,06%), no segundo dia, por desrespeitar as regras do exame, seja por preencher incorretamente o cartão de respostas ou portar materiais indevidos.





Fonte Timbauba Agora



Pedreiro aposentado constrói casa de cabeça para baixo no ES



Construção tem telhado encostado no gramado e porta é invertida. 
Dono diz que, após se aposentar, quis fazer algo diferente.




Um pedreiro aposentado construiu uma casa de cabeça para baixo, em São Mateus, no Norte do Espírito Santo. A construção, que tem quartos, banheiro e cozinha, tem chamado a atenção dos moradores da cidade.

Casa tira foto em frente à casa (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)
Por dentro, a casa parece normal, com todos os cômodos de uma construção tradicional. Mas, do lado de fora, tudo é invertido para parecer que a casa está de ponta cabeça.

O telhado fica na parte de baixo, encostado no gramado. A chaminé e até a caixa d’água também se apoiam no chão, para dar sustentação à construção.
As janelas e as portas foram colocadas no alto da casa, também na posição invertida. E como a porta é apenas um “enfeite”, sem serventia, a entrada da casa fica na parte de trás.
O autor da ideia é o pedreiro aposentado Valdivino Miguel da Silva, que levantou a casa. “Trabalhei muito tempo com obras em Colatina [Noroeste do Espírito Santo] e depois que me aposentei resolvi fazer uma coisa diferente. E decidi fazer uma casa de cabeça para baixo”, contou.
Quando estava ainda no papel, a ideia não agradou a  esposa de Valdivino. “Falei para ele que ele era louco. Mas quando ele encasqueta de fazer uma coisa, ele vai e faz”, brincou a dona de casa Elisabete Clemente.
Depois de pronta, a casa conquistou toda a família. “Agora que a casa está pronta eu achei bacana, agora não é mais loucura”, disse Elisabete.
Uma das filhas do casal confessa que já esperava por algo inusitado saindo da cabeça do pai. “Ele é muito criativo. Tem outras invenções dele. Quando coloca uma coisa na cabeça, não tem jeito, ele começa e no final sempre fica tudo lindo”, disse Kênia Miguel da Silva.
De tão inusitada, a casa virou um atrativo na região. Quem passa por lá, não perde a chance de tirar uma foto. “É a primeira vez que a gente vê uma casa construída dessa forma. Tem que registrar”, disse uma moradora.
Apesar do apego à casa, Valdivino disse que a família não vai morar nela. A casa será alugada para outros moradores.


VÍDEO



G1 Pernambuco





Proxima  → Página inicial