AGORA NO BLOG...

sábado, 25 de janeiro de 2020

Já pensou em receber gasolina em casa? ANP avalia autorizar delivery de combustível


Agência Nacional do Petróleo avalia autorizar o delivery de gasolina. Veja como funciona

Fila nos postos de combustíveis podem estar com os dias contados / Foto: Arquivo/JC Imagem

Já pensou em não precisar enfrentar fila em postos de gasolina para abastecer o carro? Pois a Agência Nacional do Petróleo avalia autorizar o delivery de gasolina. A possibilidade tem forte oposição dos postos de gasolina, que falam em risco para a segurança. As informações são da Folha de S. Paulo.
Para os distribuidores, a falta de respeito às regras de segurança podem trazer riscos durante o abastecimento. A primeira empresa a solicitar autorização para o serviço foi a GOfit, do Rio de Janeiro. Ela oferece o delivery de álcool e gasolina desde 2019.


Quatro empresas conseguiram via liminar judicial, impedir o serviço da GOfit: a Fecombusíteis, o sindicato dos Transportadores e Revendedores Retalhistas e sindicatos de postos do Rio e Minas Gerais. No entando, elas alegam que a empresa segue prestando o serviço.
Ver essa foto no Instagram


Uma publicação compartilhada por GOfit (@appgofit) em 


Como funciona a entrega


O delivery é feito por camionetes com tanques de mil litros cada para gasolina e etanol. O pedido é feito via aplicativos de celular, assim como serviços Rappi e Uber Eats.

Queixas

O órgão regulados do setor de petróleo discutiu o tema com o Instituto Estadual de Meio Ambiente, a Agência Nacional de Transportes Terrestres e o Instituto de Pesos e Medidas. Representantes da GOfit estiveram presentes e argumentaram que o modelo traz benefícios e comodidade aos clientes, e que os motoristas são treinador a prestar o serviço com segurança.
O superintendente-adjunto da ANP diz que, se aprovado, o delivery será feito com tempo e locais pré-determinados, sempre acompanhados por técnicos. O Inea diz que ainda não recebeu pedidos para licenciamento ambiental da venda nessa modalidade. Já a ANTT não falou sobre o assunto.

Fonte Diario de Pernambuco


Setor de serviços alavanca aumento dos postos de trabalho em Pernambuco


Em um mundo corporativo onde a adesão à informalidade é cada vez maior, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de dezembro divulgados ontem pelo Ministério do Trabalho mostram que houve a geração de 644.079 novas vagas de emprego formal no país em 2019. Foi o maior saldo de ocupações com carteira assinada em números absolutos desde 2013, com todos os oito setores da economia registrando saldo positivo no ano.
Dados foram divulgados em pesquisa do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. (Foto: Rafael Neddermeyer / Fotos Públicas
)

 O Nordeste, assim como as demais regiões, também apresentou este crescimento enquanto Pernambuco ocupou a 17ª posição entre as unidades federativas, em números absolutos, com saldo de 9.696 novos postos.

Destrinchando o Estado, além do grande quantitativo já esperado quanto a postos de trabalho na capital pernambucana (4.120), destaque para o crescente da abertura de novas vagas no interior do Estado: 8,4% do total delas encontra-se no interior enquanto apenas 1,2% estão na RMR. Petrolina (2.051) e Vicência (1.003) são destaques. A secretária-executiva de Políticas de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Maíra Fischer, afirma que ainda não consegue identificar o que aconteceu de excepcional em Vicência, mas Petrolina é forte na fruticultura (maior geração de renda na região). “Esta interiorização é um fator positivo e uma cobrança da população. Muitos investimentos ainda virão, como novas unidades de Atacarejo, o que gera um encadeamento positivo para toda a região”, analisa.

Quanto aos setores no Estado, somente o de serviços gerou 77% de todos os novos postos de trabalho surgidos durante o ano. Foram 7.501 dos totais 9.696. Ao mesmo tempo, 96.244 novas empresas foram abertas. Um aumento de quase 17% já que em 2018 o quantitativo destas novas firmas foi de 79.983. Para Maíra, os números são consequência do crescimento paulatino de segmentos como o setor médico (4,1 mil novas vagas em 2019) e o de ensino, além de outros como logística, que não apresentava destaque positivo e que, no ano passado, gerou 1000 vagas. “Posso citar a abertura de novos tipos de negócio neste ramo como o centro de distribuição da Amazon. Além disso, com o setor industrial cada vez mais mecanizado, indiretamente acaba aumentando o quantitativo de serviços prestados a ele”, afirma. Sobre a construção civil, Pernambuco não teve um número expressivo tal qual o restante do país o que se deve, segundo ela, ao fato de que a maior parte dos investimentos estruturados estarem agendados para serem iniciados ainda neste ano. “Para quem vinha caindo muito e agora zerou a queda, a perspectiva para é ascendente”, prevê. 

De acordo com o Secretário de Trabalho de Pernambuco, Alberes Lopes, o resultado mostra uma sinalização da retomada da economia Pernambucana. “No resultado acumulado do ano, crescemos quase cinco vezes mais na geração de empregos em relação a 2018. Esta aceleração repercute positivamente na criação de postos de trabalho”, afirma. Ele destacou, ainda, o fato de o Estado terminar o ano batendo recorde na geração de novos negócios (R$ 15 bilhões com segmentos do setor produtivo e incentivos do Prodepe) e da projeção do PIB (2%) ser maior do que a brasileira (em torno de 1%). “O resultado é uma conquista para os trabalhadores”, sintetiza.

Desempenhos significativos do Agronegócio e da Indústria da Transformação 

Um dos maiores destaques da pesquisa foi o desempenho do agronegócio, com 3.403 novos postos, acima inclusive do comércio (2.654). Foi o segundo maior do Brasil, só superado por São Paulo. Fator ao qual Maíra credita a manutenção de um crescimento sustentável do segmento ao longo dos anos, ligado, ainda, a um cenário mais favorável para a exportação devido a fatores como a maturidade das empresas – notadamente no Vale do São Francisco – e alta do dólar. Já a respeito do saldo negativo da indústria da transformação (-3.171 postos), é algo, na opinião da secretária, reversível. Ela acredita que apesar das vagas perdidas com o fechamento do estaleiro de Suape e da questão da mecanização e automação crescente dos postos de trabalho, há uma diversificação e aumento do quantitativo do setor. “Temos expansão de indústrias instaladas, como as de bebidas, além da chegada de outras, como farmacêuticas, por exemplo. Em 2020, novos investimentos ainda fortalecer setores como o automotivo e de energia”, detalha.

ARTES - 

* Novos postos de trabalho nas cinco regiões (ano):

Sudeste  - 318.219
Sul  143.273.
Nordeste -  76.561  (crescimento de 1,21% em relação ao ano anterior)
Centro Oeste – 73.450
Norte -  32.576.

*Novos postos de trabalho nos estados (ano):

São Paulo - 184.133 novos postos
Minas Gerais  - 97.720
Santa Catarina  -71.406. 
Pernambuco - 9.696 

*Novos Postos de trabalho em Pernambuco (principais cidades):

Recife – 4.120
Petrolina - 2.051 
Vicência – 1.003

*Novos Postos de trabalho em Pernambuco por setores:

Serviço: 7.500
Agropecuária: 3.403
Comércio: 2.654
Administração Pública: -64 
Extrativa Mineral: -89
Construção Civil: - 215
Serviços Industriais de Utilidade Pública: - 323
Indústria de Transformação: - 3.171



Fonte Diario de Pernambuco


Um “mar de gente” invade orla de Pitimbu no 1º dia da Festa do Senhor do Bonfim com Mano Walter, Mara Pavanelly e Glício Lee


Faltou areia, literalmente, na praia de Pitimbu, Litoral Sul da Paraíba, para acomodar tanta gente na noite desta sexta-feira (24). Uma multidão lotou a orla marítima para prestigiar os shows Mano Walter, Mara Pavanelly e Glício Lee na tradicional Festa do Padroeiro da Cidade, Senhor do Bonfim, já considerada a maior de todos os tempos. Os visitantes puderam comprovar a hospitalidade dos munícipes e alegraram os comerciantes que celebraram as boas vendas.

Um ponto bastante comentado e elogiado por todos os visitantes, turistas, moradores e comerciantes, foi a segurança conferida durante a festa, resultado de um trabalho muito bem elaborado e executado pela Polícia Militar, segurança privada do evento e a Guarda Municipal.
A cidade também ficou mais iluminada para receber o grande público esperado, a Prefeitura Municipal entregou na quinta-feira (23) a iluminação em LED das principais ruas da cidade, orla e praias.
O prefeito Leonardo Barbalho, ao lado da primeira-dama Guiga Azevêdo, afirmou que foi um recorde de público, superando todas as expectativas. “É fundamental realizar as festividades do nosso Senhor do Bonfim, Padroeiro da nossa Pitimbu, mantendo a tradição da nossa gente, além de gerar uma renda extra para nossos munícipes. Só temos que comemorar o grande sucesso do primeiro dia de Festa e a hospitalidade de nossa gente que, de forma ordeira, recebeu a todos os visitantes com muita atenção e respeito. Pitimbu realmente vive um novo tempo e nossa população aprova as ações e participa junto com nossa gestão. Só tenho que parabenizar a organização, secretários, coordenadores, vereadores e a todos que se fizeram presentes. Hoje tem mais e todos estão convidados para os shows de Dorgival Dantas, Cia do Calypso e Trio da Huanna”, afirmou Leonardo.
Organizador do evento Thiago Albertim com o cantor Mano Walter
De acordo com Thiago Albertim, organizador do evento, a Festa do Senhor do Bonfim coloca a cidade em destaque no cenário regional e sempre registra excelente público na orla da cidade. “Graças a Deus e ao apoio do prefeito Leonardo Barbalho,  nesses oito anos de gestão conseguimos organizar eventos que são bem sucedidos e entram no calendário de rotas regionais, trazendo benefícios recorrentes e impactando o cenário econômico, social e cultural, ou seja, todos os setores ganham com eventos realizados com estrutura, segurança e grandes atrações, como é o caso de Pitimbu. Todos estão de parabéns”, destacou.

Além do estrondoso sucesso dos shows que contou com Mara Pavanelly fazendo um tributo ao falecido cantor Gabriel Diniz, merece destaque o clima de tranquilidade que marcou o evento. A prefeitura colocou à disposição a Guarda Municipal que auxiliou a guarnição da polícia, garantindo que todos brincassem de maneira ordeira e aproveitassem ao máximo a festa.
Neste sábado (25) o encerramento da festa acontece com Dorgival Dantas, Cia do Calypso e Trio da Huanna.



Fonte Portal do Litoral PB


quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

MEC vai comprar mais de 7 mil bicicletas para uso de estudantes; saiba como adquirir




Com os veículos, o MEC tem objetivo de diminuir a evasão escolar e melhorar a qualidade do transporte escolar
MEC vai comprar mais de 7 mil bicicletas para uso de estudantes; saiba como adquirir

As bicicletas serão usadas por estudantes, que chegam a percorrer, a pé, diariamente, 15 quilômetros para chegar à escola ou ao ponto onde passa o ônibus escolar, segundo estudos do FNDE.
“Com os veículos, o MEC tem objetivo de diminuir a evasão escolar e melhorar a qualidade do transporte escolar, principalmente em áreas rurais e ribeirinhas”, diz nota do ministério.


A bicicleta estará disponível em dois tamanhos, o aro 20 e o aro 26, e vão ter quadro reforçado, selim anatômico, para-lamas, descanso lateral, espelho retrovisor, campainha e refletores. Serão ofertados também bombas manuais para encher o pneu, ferramentas e capacetes de segurança.
O programa Caminhos da Escola desde 2010 busca renovar a frota de veículos escolares no Brasil e garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes.

Veja como adquirir a bike

Os estados, Distrito Federal e municípios interessados em adquirir as bicicletas devem acessar o Sistema de Gerenciamento de Atas de Registros de Preço (Sigarp) do FNDE e utilizar as atas do Fundo com recursos próprios ou fazer transferência direta, via Plano de Ações Articuladas (PAR).

Fonte  Jornal da Paraiba


Damares vai procurar mulher amputada das mãos e dos pés que foi recusada pelo INSS


“Amanhã (quinta-feira, 23) já vamos atrás dela”, escreveu a ministra em sua conta no Twitter.


 ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou nesta quarta-feira (22), que vai procurar a mulher amputada das mãos e das pernas que teve o benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) negado por não poder assinar os documentos que autorizariam os pagamentos por parte da Previdência. O fato aconteceu em Porto Velho, capital de Rondônia.
Denunciada pela ex-sinaleira Cleomar Marques que, em uma entrevista, disse ter entrado com três pedidos para receber benefício do INSS e que teve todos as solicitações negadas. Em uma das ocasiões, segundo ela, a alegação para a reprovação foi o fato dela não poder assinar os documentos.
“Uma servidora puxou os papéis e perguntou: ‘quem vai assinar? Você assina?’. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: ‘ah, então não vale’. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora”, declarou.

Resposta


Procurado, o INSS afirmou que os pedidos de Cleomar foram indeferidos, primeiramente, por falta de período de carência, e em uma segunda ocasião, por apresentar renda per capita familiar acima de 25% do salário mínimo. O instituto afirmou que Cleomar pode procurar o órgão para requerimento de um novo benefício.

Fonte Portal de Prefeituras


MULTAS SERÃO APLICADAS A PAIS QUE NÃO VACINAREM SEUS FILHOS


Escolas já estão cobrando carteira de vacinação atualizada no momento da matrícula.



A vacinação é um direito previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente – ECA. Não vacinar os filhos os expõem a riscos de contaminação por vírus e bactérias que podem comprometer suas vidas. Após o declínio da cobertura vacinal, doenças erradicadas como sarampo reapareceram e casos de famílias que negligenciaram a vacinação aos filhos chegaram à Justiça, que começou a impor a vacinação às crianças.
O caso mais recente foi no início do ano, em Poços de Caldas (MG), o qual a Justiça de Minas determinou que um casal, convertido à uma religião que proibia a vacinação, vacinasse seus dois filhos. No Em Rio do Sul (SC) também foi exigido à um casal que atualizasse a carteira de vacinação dos três filhos. Já em São Paulo, o MPE – Ministério Público Estadual interviu na situação de uma família de Paulínia, a qual se negava a vacinar o filho de dois anos.
Em 2018, apenas a BGC – contra tuberculose, aplicada após o nascimento – atingiu a meta de 95%, das oito vacinas obrigatórias para crianças de até um ano de idade, segundo dados do Ministério da Saúde. Nos últimos anos, a queda da cobertura vacinal tem se acentuado.
Carteira de vacinação atualizada na matrícula
A Prefeitura de São Paulo divulgou que passaria a exigir das famílias de crianças matriculadas nas creches e pré-escolas a apresentação da carteira de vacinação no ato da matrícula e no meio do ano, em agosto. As crianças que não são imunizadas não serão impedidas de se matricular ou fazer a rematrícula, mas as famílias serão orientadas a atualizar a carteira.
Assim como no Paraná, que sancionou em 2018 uma lei que torna obrigatória a apresentação da carteira de vacinação nas escolas públicas e também particulares do estado. A norma entrou em vigor em 2019. O aluno que não for vacinado também não será impedido de frequentar a escola.


Fonte Sincofarma


quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Lei Anticrime já está em vigor


No caso de um sequestro, se houver perigo de morte para terceiros, um policial tem autorização para atirar no criminoso, e até mesmo matá-lo. Há quem questione a possibilidade de tirar a vida de um criminoso.

Começa a vigorar a partir desta quarta-feira (22) importantes mudanças das leis penais brasileiras. A Lei Anticrime trouxe novidades, como a figura do juiz de garantias, mas continua levantando polêmicas. A pena máxima no Brasil muda de 30 para 40 anos.
Material genético de condenados por nossas leis também passa a fazer parte de banco de um banco dados. Essa medida é obrigatória e sinalizada como importante em investigação de delitos sem autoria identificada até agora.
Outra novidade é o confisco dos bens de condenados caso a atividade econômica lícita deles não justifique a aquisição do material adquirido. No caso deste dispositivo específico, a ABACRIM move uma ação no STF. A Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas taxa a medida de “inconstitucional”.
A legítima defesa também sofreu mudança. No caso de um sequestro, por exemplo, se houver perigo de morte para um terceiro, um policial tem autorização para atirar no criminoso, e até mesmo matá-lo. Há quem questione a subjetividade envolvida na possibilidade de tirar a vida de um criminoso.
A questão envolvendo o juiz de garantias é que segue incerta. O ministro Dias Toffoli suspendeu por 180 dias a aplicação da novidade legal. Segundo ele, a implementação do juiz de garantias demanda organização que ainda deve ser melhor implementada.


Fonte Portal de Prefeitura


Mulher sem mãos e pernas tem pedido de benefício negado pelo INSS por não poder assinar papel, em RO


Ex-sinaleira diz ter feito três pedidos no INSS, mas todos foram negados. Ela diz que precisa do benefício, pois a filha fica em casa para ajudá-la na alimentação e banho.
Atualmente, Cleomar diz depender de doações para viver com a filha — Foto: Rede Amazônica/Reprodução


Uma mulher sem mãos e pernas teve um pedido de benefício negado por não poder assinar os documentos oficiais que autorizam o pagamento do auxílio pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), em Porto Velho.

Em entrevista ao Jornal de Rondônia 1ª Edição, a ex-sinaleira Cleomar Marques conta que entrou com três pedidos no INSS em 2019, mas todas as solicitações foram negadas. Uma delas porque Cleomar não poderia assinar os papéis.

"Uma servidora puxou os papéis e perguntou: 'quem vai assinar? Você assina?'. Eu disse que não podia assinar, mas sim a minha filha ou minha mãe. A mulher então olhou e disse: 'ah, então não vale'. Daí ela pegou, rasurou o papel e jogou fora", afirma.
O INSS foi questionado a respeito da frase que, segundo Cleomar, a servidora falou, mas não respondeu até a última atualização desta reportagem.

Mesmo com a negativa do INSS, Cleomar fez um novo requerimento para tentar um benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência,que também foi indeferido por ela ter uma renda per capita familiar superior a 1/4 do salário mínimo, ou seja, uma média de R$ 238,50.

À Rede Amazônica, o INSS informou que a renda foi apurada com as informações do Cadastro Único (CadÚnico) para programas sociais do governo.

Em um terceiro requerimento, a ex-sinaleira teve a solicitação de benefício indeferida porque o INSS alegou "falta do período de carência".



Cleomar diz que precisa do auxílio do INSS, pois não pode trabalhar e sua filha fica em casa para ajudá-la na alimentação e banho, por exemplo. Atualmente, mãe e filha dependem de doações para sobreviver.

"Olha, é um constrangimento para mim tudo isso. Eu trabalhava, tinha minha vida e agora sou dependente dos outros. É a minha filha, única que mora comigo, que faz tudo para mim", desabafa.
Amputações dos membros
Cleomar trabalhava como sinaleira em uma das usinas de Porto Velho e, de uma hora pra outra, passou a sentir dores fortes no estômago. Ela foi várias vezes na emergência e o médico desconfiou de uma gastrite.

A mulher então fez um novo exame e foi informada que seu problema poderia ser Helicobacter pylori, uma bactéria que aparece na mucosa do estômago. Em uma outra consulta o médico informou que o problema era na vesícula.

A dor continuou e, após idas e vindas na emergência, Cleomar pediu para ser internada no pronto socorro do Hospital João Paulo II.

Fonte G1


Deputado estadual Antonio Moraes (PP-PE), participou da assinatura da ordem de serviços para pavimentação em paralelepípedos de 10 ruas no Loteamento Queimadas em Timbaúba-PE



O deputado estadual Antonio Moraes (PP-PE), participou na manhã desta quarta-feira (22/01), no município de Timbaúba-PE, juntamente  com o prefeito Ulisses Felinto , vereadores, secretários e comunidade, da assinatura para ordem de serviço da pavimentação em paralelepípedos de 10 ruas no Loteamento Nova Queimadas.

Fonte Blog do Djalma Lopes

Proxima  → Página inicial