AGORA NO BLOG...

domingo, 13 de outubro de 2019

VEJA VÍDEO: Piloto de asa delta fica ferido em acidente durante torneio de voo em Vicência


Um piloto de asa delta ficou ferido em um acidente, na tarde deste domingo (13), durante um torneio de voo livre disputado em Vicência, na Zona Mata Norte de Pernambuco, distante 87 quilômetros do Recife. 




Piloto de asa delta sofreu a cidente e ficou insconsciente durante torneio, neste domingo (13), em Vicência, no interior de Pernambuco — Foto: Reprodução/WhatsApp

No momento da decolagem Luiz Henrique Miranda, de 32 anos, tenta decolar e cai em outra rampa de lançamento ao lado da pista de partida.

De acordo com a mulher do piloto, Priscila Matos, Luiz Henrique foi levado para a Unidade Mista Naíde Ramos Maranhão, na mesma cidade. Segundo ela, o marido ficou inconsciente durante dois minutos, mas depois recobrou os sentidos.

“Ele está conseguindo mexer os braços e pernas. Os médicos ficaram de avaliar em mais duas horas. Acredito que ele não vai ser transferido para outro hospital”, afirmou.

Priscila disse que o marido tem experiência em voo livre. “Faz pelo menos 11 anos que ele pratica esse esporte. Já teve outros acidentes, mas diz que não vai parar”, acrescentou.



Para a mulher do piloto, o acidente pode ter sido causado pela quebra de um equipamento da asa. “Eu não vi o vídeo ainda, mas ele decola é é jogado para a esquerda, caindo na outra pista de lançamento. Acredito em quebra de uma barra da asa delta”, comentou.

O acidente aconteceu por volta do meio-dia, durante um evento na Serra do Engenho Jundiá, na zona rural do município.O torneio teve início no sábado (12) e seguiu neste domingo (13), reunindo mais de 30 pilotos e vários estados, segundo a assessoria de imprensa da prefeitura.

De acordo com informações da Unidade Mista de Vicência, o piloto não sofreu fraturas. Passou por exames de raio-X e, por volta das 14h, estava em repouso, ao lado da mulher e de parentes.

A secretária de Saúde de Vicência, Valéria Queiroga, informou que o piloto teve sangramento nasal por causa de uma pancada no rosto. "Ele está consciente e orientado", comentou. Segundo a secretária, o rapaz teve alta às 16h.

A reportagem também procurou a assessoria de comunicação da polícia e foi informado que ainda não havia sido feito o registro do fato. O Corpo de Bombeiros informou que não recebeu chamado para atuar no acidente.


Fonte Tv Mais Nordeste

Irmã Adélia pode ser primeira Santa Pernambucana


Irmã Adélia ficou conhecida ao presenciar as aparições de Nossa Senhora na Aldeia Guarda, em Pesqueira



Irmã Adélia ficou conhecida ao presenciar as aparições de Nossa Senhora na Aldeia Guarda, em Pesqueira / Amanda Ranheri/JC



Memorial em homenagem a irmã Adélia pode ser primeiro passo para a canonização da primeira santa pernambucana. Na manhã deste domingo (13), mesmo dia em que o papa Francisco canonizou Santa Dulce dos Pobres como primeira santa brasileira, um evento realizado no colégio Damas, no bairro das graças, inaugura um espaço de homenagem a pernambucana Maria da Luz Teixeira de Carvalho.

Nascida em 16 de dezembro de 1922, Maria da Luz ganhou o nome Irmã Adélia ao entrar para o Instituto das Religiosas da Instrução Cristã (RIC). Ela faleceu há seis anos, no dia 13 de outubro de 2013. Ela ficou conhecida ao presenciar as aparições de Nossa Senhora na Aldeia Guarda, em Cimbres, distrito de Pesqueira, no Agreste de Pernambuco. Entre os milagres atribuídos à religiosa está a cura de uma criança que caiu do 5º andar. A freira morreu há seis anos, em 13 de outubro de 2013.

De acordo com o bispo de Pesqueira, Dom José Luiz Ferreira Sales, o compromisso da irmã Adélia com as obras sociais e sua personalidade humilde, faz dela uma devota especial. "[Irmã Adélia] Viveu um processo de intimidade com Deus.E, a gente acredita e crê que ela teve uma graça de ter estado com Nossa Senhora, rezado a Nossa Senhora. Nossa Senhora apareceu a irmã Adélia, a gente tem essa intuição que ela viveu essa graça tão importante e tão bonita na vida dela. E, para nós enquanto igreja de Pernambuco, enquanto igreja de Pesqueira, é muito importante aquilo que irmã Adélia deixou para a gente. Que eu acho que isso é o mais significado. Primeiro o seu espírito de humildade, de simplicidade e que eu tava dizendo hoje pela manhã, que vai muito ao encontro do papa Francisco], disse.

Processo


A programação do domingo conta com inauguração do memorial em homenagem à religiosa, oração do terço e missa. Os detalhes da beatificação foram passados em coletiva de imprensa. O primeiro passo para iniciar um processo de beatificação é dado pelo bispo da diocese à qual pertence o fiel e geralmente ocorre, pelo menos, cinco anos após sua morte. Durante o processo de beatificação, é visto se ao candidato é atribuído a realização de um milagre e que merece ser proposto à canonização.


Fonte Tv Mais Nordeste


Golfinho é encontrado morto e com manchas de óleo em praia de Alagoas


Este é o primeiro caso onde um mamífero atingido por óleo surge morto

Três manchas de óleo foram encontradas no corpo do animal / Foto: Instituto Biota


Um golfinho foi encontrado morto e com manchas de óleo no corpo, no último sábado (12), em uma praia do município de Feliz Deserto, no litoral sul de Alagoas, segundo o portal UOL. A informação é do Instituto Biota de Conservação, que fez o recolhimento do golfinho para necropsia. Segundo relatório do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), 13 tartarugas e uma ave já morreram oleadas no litoral nordestino até o sábado. 


Ainda de acordo com o Ibama, até sábado foram 161 praias atingidas em 72 municípios dos nove estados da região Nordeste. 

Pela foto do animal, o professor Cláudio Sampaio, da Universidade Federal de Alagoas (Ufal), diz que se trata de um boto cinza, mas reitera que apenas uma necropsia poderia afirmar se há relação do óleo com a morte - se for confirmada a relação, este será o primeiro mamífero atingido e morto por conta do óleo. 


"Aparentemente estava em boas condições físicas, sem sinais de baixo peso, por exemplo. Como a carcaça está fresca, será possível se o animal morreu por conta óleo ou ficou sujo depois de sua morte", explicou o professor. 


Necrópsia


Equipes do Instituto Biota realizaram a necrópsia do animal, uma macho de 1,79 metro, na tarde deste domingo e constataram que a morte não teria relação com o óleo. Segundo a veterinária Uylla Lopes, não foi encontrado óleo dentro do golfinho. "Não foi observada presença de óleo na cavidade oral, trato digestivo ou respiratório. O animal apresentava marcas de corda no rosto e flanco, além de alterações no trato respiratório, compatíveis com o quadro de afogamento", explica. Pelas análises iniciais, a suspeita é que ele tenha vindo a óbito por interação com pesca. 

Novas manchas de óleo 


Também nesse sábado, novas manchas de óleo apareceram no litoral sul do estado de Alagoas, em Barra de São Miguel, levantando a suspeita de que o vazamento permanece ativo em algum local no mar. 
"A situação é complexa, o governo pouco informa, dificultando os trabalhos de limpeza das praias petrolizadas e a prevenção de outras. A chegada de novas manchas hoje pode sugerir um outro vazamento de petróleo, mas somente a análise desse material poderá indicar que seja de um petróleo distinto daquele que já chegou às praias", disse Sampaio. 


Fonte JcOnLine


sábado, 12 de outubro de 2019

SUPERMERCADO EVANGÉLICO PROMOVE FESTA DO DIA DAS CRIANÇAS


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, multidão e atividades ao ar livre


E mais  uma vez o supermercado evangélico fez a diferença não só em qualidade mas também em atendimento aos seus clientes e na tarde desse Sábado 11/10 promoveu uma enorme festa das crianças para comemorar  juntos  a criançada o dia delas. Na festa foram distribuídos muitos  brinquedos para a criançada presente,  muitas brincadeiras com participação fez com que essa tarde se torna-se ainda mais  agradável para as crianças que participaram da festa, e ainda promoveu um telão para passar filmes educativos e desenhos. 




O evento foi feito em frente ao supermercado evangélico com grande números de crianças para concretizar o dia deles, após muita brincadeiras e entrega de presente foram distribuídos cachorro quente e bolo finalizando assim mas um ano  de festa que o supermercado evangélico promove para as crianças.



A imagem pode conter: pessoas sentadas, atividades ao ar livre e água

A imagem pode conter: 1 pessoa, no palco e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas em pé

A imagem pode conter: 2 pessoas, atividades ao ar livre

sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Homem morre em um grave acidente na PE-75 em Itambé


Luciano Ramalho Cavalcanti (48) de idade morreu vítima de acidente de trânsito na rodovia PE-75 em Itambé, Zona da Mata Norte de Pernambuco.




O acidente aconteceu por volta das 07h da manhã na saída de Itambé para o distrito de Ibiranga, de acordo com os populares a vítima tentou realizar uma ultrapassagem quando perdeu o controle e colidiu frontalmente, vindo a óbito no local.



Luciano estava conduzindo uma moto Mirage placa de Campina Grande/PB, já o veículo Palio estava sendo conduzido por um homem identificado por Mirinaldo.


A Polícia Militar de Itambé esteve no local do acidente para isolar a área, o corpo da vítima foi levado para o Instituto de Medicina Legal – IML, o caso será investigado pela delegacia de Itambé

PBPE


Radares inteligentes vão tirar fotos de motoristas mexendo no celular


Nova tecnologia deve ser capaz de evitar cerca de 100 mortes por ano




Radares nas rodovias federais serão suspensos

Câmeras de alta definição vão flagrar os motoristas e no próximo ano vai começar a multar os cidadãos de Nova Gales do Sul, na Austrália. Uma nova tecnologia será implantada pelo governo. O radar inteligente vai tirar fotos de motoristas dirigindo, em seguida, um programa de inteligência artificial irá analisar as imagens, para ver se o condutor está usando o seu celular enquanto dirige.

Este radar segundo o seu fornecedor, a empresa Acusensus, será capaz de analisar as imagens em qualquer horário do dia, em qualquer velocidade que o veículo esteja e em qualquer condição climática. Os casos suspeitos serão levados para um analista humano, que irá periciar a imagem e ver se é o caso de necessitar uma multa. O sistema, ainda de acordo com a Acusensus, poderá borrar as imagens dos condutores, para proteger a privacidade.
A empresa tem a expectativa que o programa seja capaz de evitar cerca de 100 mortes e acidentes graves em cincos anos, na sua cidade. A decisão de implantar este programa veio após seis meses de testes, nesse período, foi capaz de checar cerca de oito milhões de veículos e conseguiu achar cerca de 100 mil motoristas mexendo no celular ao dirigir.
Até dezembro de 2019, será enviado aos motoristas, apenas avisos sobre o seus atos. Em 2020, multas vão começar a ser enviadas aos infratores, a multa será de 344 dólares australianos, que em reais seria R$ 959, por infração flagrada.

Fonte NE 10


Brasileiro com câncer terminal terá alta após terapia genética pioneira obter sucesso pela 1ª vez na América Latina




Homem de 62 anos tinha linfoma e tomava morfina todo dia. Pesquisa da USP-Fapesp criou método 100% brasileiro para aplicar técnica norte-americana CART-Cell, que pode custar mais de US$ 475 mil.


Vamberto Luiz de Castro, 62, é funcionário público aposentado de BH e sofria de um linfoma terminal — Foto: Hugo Caldato/Hemocentro RP/Divulgação
Um paciente de 62 anos que tinha linfoma em fase terminal e tomava morfina todo dia deve receber alta no sábado (12) após ser submetido a um tratamento inédito na América Latina. Ele deixará o hospital livre dos sintomas do câncer graças a um método 100% brasileiro baseado em uma técnica de terapia genética descoberta no exterior e conhecida como CART-Cell.

Nobel de Medicina 2018 premia americano e japonês por terapia contra o câncer

Terapia genética contra o câncer: estudos mostram boas taxas de remissão, mas fortes efeitos colaterais
Os médicos e pesquisadores do Centro de Terapia Celular (CTC-Fapesp-USP) do Hemocentro, ligado ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, apontam que o paciente está "virtualmente" livre da doença. Os especialistas, no entanto, não falam em cura ainda porque o diagnóstico final só pode ser dado após cinco anos de acompanhamento. Tecnicamente, os exames indicam a "remissão do câncer".

Os pesquisadores da USP - apoiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e pelo Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq) - desenvolveram um procedimento próprio de aplicação da técnica CART-Cell.

Essa técnica, ainda recente, foi criada nos EUA, está em fase de pesquisas e é pouco acessível. No EUA, os tratamentos comerciais já receberam aprovação e podem custar mais de US$ 475 mil.

Entenda como funciona a terapia genética CART-Cell — Foto: Roberta Jaworski/Arte G1

O paciente submetido ao tratamento no Brasil é o mineiro Vamberto Luiz de Castro, funcionário público aposentado de 62 anos. Antes de chegar ao interior de São Paulo, ele tentou quimioterapia e radioterapia, mas seu corpo não respondeu bem a nenhuma das técnicas.

Em um tratamento paliativo, com dose máxima de morfina, o paciente deu entrada em 9 de setembro no Hospital das Clínicas em Ribeirão com muitas dores, perda de peso e dificuldades para andar. O tumor havia se espalhado para os ossos.

O prognóstico de Castro, de acordo com os médicos, era de menos de um ano de vida. Como uma última tentativa, os médicos incluíram o paciente em um "protocolo de pesquisa" e testaram a nova terapia, até então nunca aplicada no Brasil.

A CART-Cell é uma forma de terapia genética já utilizada nos Estados Unidos, Europa, China e Japão. Esse método consiste na manipulação de células do sistema imunológico para que elas possam combater as células causadoras do câncer.

Terapia genética
A estratégia da CART-Cell consiste em habilitar células de defesa do corpo (linfócitos T) com receptores capazes de reconhecer o tumor. O ataque é contínuo e específico e, na maioria das vezes, basta uma única dose.


Rápida melhora
Segundo os médicos, Castro respondeu bem ao tratamento e logo após quatro dias deixou de sentir as fortes dores causadas pela doença. Após uma semana, ele voltou a andar.

"Essa primeira fase do tratamento foi milagrosa", disse ao G1 o hematologista Dimas Tadeu Covas, coordenador do Centro de Terapia Celular (CTC-Fapesp) e do Instituto Nacional de Células Tronco e Terapia Celular, apoiado pelo CNPq e pelo Ministério da Saúde.

"Não tem mais manifestação da doença, ele era cheio de nódulos linfáticos pelo corpo. Sumiram todos. Ele tinha uma dor intratável, dependia de morfina todo dia. É uma história com final muito feliz."

Equipe médica que atendeu ao aposentado Vamberto Luiz de Castro no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto — Foto: Divulgação/HCFMRP/Divulgação

100% brasileiro
Renato Luiz Cunha, outro dos responsáveis pelo estudo, explicou que a terapia genética consegue modificar células de defesa do corpo para atuarem em combate às que causam o câncer.

"As células vão crescer no organismo do paciente e vão combater o tumor", disse Cunha. "E desenvolvemos uma tecnologia 100% brasileira, de um tratamento que nos EUA custa mais de R$ 1 milhão. Esperamos que ela possa ser, no futuro, acessível a todos os pacientes do SUS."

Cunha recebeu, em 2018, o prêmio da Associação Americana de Hematologia (ASH), nos EUA, para desenvolver este estudo no Brasil.



“É um tratamento caro e que requer um desenvolvimento científico importante”, explica Cunha.

No ano passado a agência norte-americana de vigilância sanitária (FDA), aprovou nos EUA a primeira terapia gênica do mercado para leucemia linfoide aguda. Porém, o tratamento é caro e chega a custar US$ 475 mil dólares.

O tratamento ainda não está liberado na rede pública ou privada de saúde, por isso, Cunha explicou que, para o paciente ser atendido no hospital universitário, o encaminhamento foi aprovado por uma comissão de ética.

O hematologista Rodrigo Calado, professor da FMRP-USP e membro do CTC, afirma que “esse tratamento foi possível pelo investimento em pesquisa e formação de pessoas feito pela Fapesp e CNPQ ao longo dos anos e que agora se traduz em um tratamento melhor e mais eficaz em casos de linfomas refratários.”

Perspectivas para o SUS
Dimas Tadeu Covas, que coordena o Centro de Terapia Celular do HC de Ribeirão, disse que o procedimento poderá ser reproduzido em outros centros de excelência do país, mas não dá datas. Isso porque, segundo ele, depende de laboratórios controlados com infraestrutura adequada.

"Devido à complexidade do tratamento, ele também só pode ser feito em unidades hospitalares com experiência em transplante de medula óssea", disse o pesquisador. "Isso porque, durante o processo, a imunidade é comprometida. O paciente tem que ficar isolado, não pode ficar exposto. Não são todos os hospitais que podem fazer esse tipo de tratamento. Além disso a terapia tem efeitos colaterais."

A resposta imune progressiva pode causar febres altas, náuseas e dores musculares. Os pesquisadores não eliminam o risco de morte, e reconhecem que a forte baixa no sistema imunológico traz um potencial fatal para alguns pacientes.

De acordo com os envolvidos na pesquisa, antes de o tratamento ser disponibilizado para o Sistema Único de Saúde (SUS), ele precisa cumprir os requisitos regulatórios da Anvisa. O chamada "estudo clínico compassivo" continua e deverá incluir mais 10 pacientes nos próximos 6 meses.

Se as etapas de estudos e pesquisas continuarem a se manter promissoras, Covas avalia que o tratamento pode ser adotado em larga escala com adaptações nos laboratórios de produção. “Os investimentos necessários para ampliação da capacidade produtiva são de pequena monta, da ordem de R$ 10 milhões”, afirma Covas.


Fonte G1


Orobó tem a Maior Produção de Ovos do Agreste Pernambucanos


Um ovo, dois ovos, milhões de ovos em Pernambuco




Em média, 10 milhões de ovos são produzidos em Pernambuco todo santo dia / Foto: Sérgio Bernardo/Acervo JC

Segundo dados da Avipe, Pernambuco é o maior produtor de ovos do Norte e Nordeste; conheça mais do setor no Dia Mundial do Ovo


Não tem para ninguém. Entra ano e sai ano e nada muda. Pernambuco continua sendo o maior produtor de ovos do Norte e Nordeste. A nível nacional, só ficamos atrás de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo. Segundo dados atualizados da Associação Avícola de Pernambuco (Avipe), são cerca de 10 milhões de ovos produzidos por dia e 14 milhões de frangos por mês no Estado. E a expectativa, segundo afirmou o vice-presidente da Avipe, Edival Veras, é que 2019 termine com crescimento de 13% na produção de ovos e 3% na de frangos. Este resultado deve-se, muito, ao Agreste. A região, sozinha, responde por metade dos empreendimentos, empregos e produção da avicultura pernambucana.

Neste 11 de outubro, data que comemoramos o Dia Mundial do Ovo, vamos, abaixo, relembrar um pouco da importância do setor para o Agreste e Pernambuco.

As cidades do Agreste que mais se destacam na avicultura são: São Bento do Una, Caruaru, Garanhuns, Bezerros, Lajedo e Belo Jardim, que também abriga grandes produtores de frango de corte. "Somente em São Bento do Una, que é considerada a 'capital do ovo' do Norte e Nordeste, temos uma produção diária de 5 milhões de ovos", explicou o presidente da Avipe, Giuliano Malta.

"Essa produção (no Agreste) vem desenvolvendo tecnologia, automação e propagando novos modos de produção que incorporam novidades nas áreas sanitária, de nutrição e genética", afirma Edival Veras, da Avipe. No Agreste, são cerca de 50 empresas e 1.000 granjas gerando emprego para aproximadamente 75 mil pessoas, segundo a associação. 


A nível estadual, para a produção de ovos são necessárias 12 milhões de aves. Elas precisam ter uma dieta rígida, saudável e equilibrada de milho, soja e trigo. 

Capital do ovo


Uma parte dessa produção se concentra em São Bento do Una, o segundo maior PIB agrícola de Pernambuco, perdendo apenas para Petrolina, no Sertão, que é um dos maiores polos de fruticultura irrigada. O primeiro município responde por 8,5% da agropecuária pernambucana. Mesmo com a crise e a estiagem, o setor tinha uma participação de 41,76% do PIB daquele município em 2010. Em 2014, esse percentual passou para 55,16%. São produzidos cerca de 5 milhões de ovos por dia na cidade conhecida como a capital do ovo, de acordo com a Avipe e a Prefeitura de São Bento do Una.

É lá que o maior produtor de ovos do Estado está instalado. É a Granja Almeida, que produz cerca de 3 milhões de ovos por dia. "A cidade vem tendo aumento no PIB por causa da avicultura, principalmente pela produção de ovos", disse a prefeita de São Bento do Una, Débora Almeida (PSB). 

Ainda de acordo com a prefeita, o clima de São Bento do Una é muito sadio para a criação de animais, porque é estável e não apresenta variações bruscas. Ao contrário do frango de corte, o ovo tem um mercado de preço mais estável e, como é um produto mais barato, continua com o consumo aumentando mesmo em períodos de recessão econômica, segundo os produtores. Comparando 2016 com 2015, o consumo de ovos no País cresceu 15%, enquanto que o de frango aumentou 7,5% no mesmo período.

Os números da avicultura em Pernambuco

  • 100 empresas
  • 2 mil granjas
  • 10 milhões de ovos por dia
  • 14 milhões de frangos por mês
  • 150 mil pessoas trabalham no setor
*Estão no Agreste a metade dos empreendimentos, empregos e produção do setor
Fonte: Associação Avícola de Pernambuco (Avipe).



Fonte JCOnLine


PRF realiza operação para fiscalizar ambulâncias em PE




Uma operação com foco na fiscalização de ambulâncias foi realizada na quinta-feira (10) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), nas rodovias que cortam Pernambuco. A iniciativa intitulada Asclépio, em alusão ao Deus da medicina, teve como objetivo coibir irregularidades e evitar acidentes causados pela má conservação dos veículos de emergência. A operação ocorreu em todo o país no Dia do Motorista de Ambulância.

Ao todo, foram fiscalizadas 48 ambulâncias em Pernambuco e emitidas 45 autuações por diversas irregularidades. Dentre as infrações, destacam-se a falta do curso para Condutor de Veículo de Emergência (CVE), licenciamento atrasado, mau estado de conservação dos pneus, excesso de lotação e falta de equipamentos obrigatórios.

Durante as abordagens, deu-se prioridade à preservação da vida e saúde dos pacientes. Os veículos que transportavam enfermos e tinham condições de trafegar sem oferecer riscos, foram autuados e liberados para posterior regularização.

Além da questão veicular e documental, outras questões devem ser observadas no transporte de pacientes, como a ausência de macas ou equipamentos de emergência, o não acompanhamento de um profissional de saúde e a falta de qualificação para prestar esse serviço.



Fonte Farol de Noticias


Proxima  → Página inicial