MH - MACAPARANA HOJE

AGORA NO BLOG...

About

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Geraldo Julio diz que "Brasil inteiro esperava" decisão contra Eduardo Cunha

 

Prefeito do Recife também defende Jarbas Vasconcelos como presidente da Câmara Federal


Geraldo Julio afirma que o País esperava decisão contra Eduardo Cunha / Alexandre Gondim/JC Imagem

Após participar de um evento na sede da Prefeitura do Recife, Geraldo Julio (PSB) comentou a decisão do ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), que afastou o deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da presidência da Câmara Federal. "É uma decisão que o Brasil inteiro esperava. Uma mudança pedida dentro do Congresso Nacional, pedida pela sociedade e pelas ruas. Ela enche de esperança os brasileiros que acham que a política precisa passar por um processo de transformação para que fiquem aquelas pessoas que de fato querem fazer da política o interesse público" afirmou o prefeito.

Para Geraldo, o deputado federal Jarbas Vasconcelos (PMDB) merece ser o novo presidente da Câmara Federal caso o cenário político em Brasília leve a novas eleições na Casa. "Jarbas é um nome que tem todas as condições de presidir a Câmara Federal e de liderar transformações que precisam ser feitas naquela Casa. Tem experiência, tem competência, é um nome reconhecido pela sociedade, pela política. Tem todas as condições de fazer uma gestão transformadora na Câmara Federal", apontou.


A postura de Geraldo Julio é a mesma do governador Paulo Câmara (PSB), que comentou sobre a situação de Eduardo Cunha e a aposta em Jarbas Vasconcelos na manhã desta quinta-feira (5) em um evento no Palácio do Campo das Princesas.

TODOS CONTRA CUNHA - Membro do Conselho de Ética da Câmara Federal, o deputado Betinho Gomes (PSDB) também celebrou a iniciativa do Supremo Tribunal Federal (STF) contra Eduardo Cunha. “A decisão do ministro do STF foi acertada e tem nosso total apoio”, declarou.

Betinho Gomes defendeu um esforço dos parlamentares no Conselho de Ética e no plenário da Câmara Federal para dar fim ao mandato de Eduardo Cunha. “Acredito que a suspensão do mandato de Eduardo Cunha deverá ser confirmada pelo plenário Supremo Tribunal Federal e nós precisamos nos esforçar dentro da Câmara Federal para concluir o processo de cassação do mandato dele", pontuou.

Para Betinho, o Conselho de Ética precisa realizar uma reunião extraordinária para antecipar os cronogramas já estabelecidos. “A intenção é agilizar a conclusão do relatório, a fim de que possa ser encaminhado ao plenário da Câmara em favor da cassação do mandato de Eduardo Cunha para que possamos encerrar definitivamente essa discussão”, falou. 

É uma decisão que o Brasil inteiro esperava. Uma mudança pedida dentro do Congresso Nacional, pedida pela sociedade e pelas ruas. Ela enche de esperança os brasileiros de que a política precisa passar por um processo de transformação para que fiquem aquelas pessoas que de fato querem fazer da política o interesse público a entrega de um futuro melhor para a nossa gente.

Quem também se manifestou foi o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Pernambuco (OAB-PE), Ronnie Duarte. “Comemoramos a contagem de um corrupto a menos no exercício de mandato eletivo”, disse.




Jc On Line




Trânsito: Governo do Estado tenta melhorar acesso à Goiana



A Secretaria Estadual de Transportes concluiu o processo licitatório para contratação da empresa de engenharia que realizará as obras de restauração de 39,7 quilômetros da PE-75, no trecho que compreende os municípios de Itambé e Goiana, na Zona da Mata Norte de Pernambuco.

Nesta intervenção do Governo do Estado serão investidos cerca de R$ 32 milhões. A iniciativa faz parte de um conjunto de ações prioritárias que visam dar mais agilidade ao fluxo de veículos que transitam por esta região de grande importância econômica para o Estado.

“É mais uma rota alternativa que será requalificada. Esta ação beneficiará diretamente o escoamento da produção industrial do Litoral Norte, que inclui o polo automotivo da Fiat e as fábricas da Ambev e da Itaipava, dentre outras. Com mais este investimento, vamos garantir mais rapidez e segurança do tráfego”, ressaltou o secretário de Transportes, Sebastião Oliveira. A próxima etapa será a assinatura da Ordem de Serviço, completou o gestor.




Blog do Anderson Pereira




Substituto de Cunha, Waldir Maranhão também é investigado na Lava Jato

O vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA) (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)


O deputado Waldir Maranhão (PP-MA) assume a presidência da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira (5) após o afastamento do então presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Maranhão é vice-presidente da Casa e um dos principais aliado de Cunha.

O pedido de afastamento de Cunha foi feito pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, que atendeu a pedido feito em dezembro pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em dezembro. Na ação, Janot argumentou que o deputado estava atrapalhando as investigações da Lava Jato. A decisão é liminar (provisória).

Waldir Maranhão foi eleito vice-presidente da Câmara em fevereiro de 2015, com o apoio de Cunha. Ele está no terceiro mandato de deputado federal. O primeiro foi entre 2007 e 2011, quando o político ainda era filiado ao PSB. Já pelo PP, ele se elegeu novamente nas eleições de 2010 e de 2014.

Como aliado de Cunha, Maranhão decidiu limitar a investigação no Conselho de Ética sobre o então presidente da Casa. Com isso, o peemedebista não poderá ser investigado sobre as acusações de que teria recebido propina, conforme relato de delatores da operação Lava Jato.

Na decisão, tomada em abril, Maranhão determinou que o foco da apuração no colegiado fique somente sobre a suspeita de que Cunha teria contas bancárias secretas no exterior e de que teria mentido sobre a existência delas em depoimento à CPI da Petrobras, em março de 2015. Cunha sempre negou ser o titular dessas contas e diz ser apenas o beneficiário de fundos geridos por trustes.


Já na votação na Câmara que decidiu pelo prosseguimento do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff, que aconteceu no dia 17 de abril, Maranhão foi um dos quatro deputados do PP que decidiu votar contra. A maioria dos deputados do partido – 38 de 45 – votou a favor do prosseguimento do processo de impeachment.


Lista da Lava Jato


O nome de Maranhão, assim como o de Cunha, está nos inquéritos autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigar políticos na Operação Lava Jato, que investiga um esquema de corrupção na Petrobras. Na época, o ministro Teori Zavascki autorizou a abertura de inquérito para investigar 47 políticos.


Segundo o depoimento do doleiro Alberto Youssef na delação premiada, Maranhão fazia parte de um grupo de menor expressão do PP que recebia repasses mensais entre R$ 30 mil e R$ 150 mil da “cota” da legenda no esquema de corrupção da Petrobras. Se os ministros do Supremo entenderem que há provas suficientes contra Maranhão, ele pode virar réu.



Manchete PB




STF afasta Eduardo Cunha do mandato na Câmara dos Deputados

 

Cunha é acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção


O ministro aponta 11 situações em que o deputado teria utilizado o cargo de maneira ilegal. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil (O ministro aponta 11 situações em que o deputado teria utilizado o cargo de maneira ilegal. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil)

O ministro do STF Teori Zavascki determinou nesta quinta-feira o afastamento do presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não apenas do comando da Câmara, mas também do mandato de deputado federal. O político foi transformado em réu no STF por unanimidade. Cunha é acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção, por supostamente integrar o esquema de propinas distribuídas na Petrobras. O peemedebista teria recebido US$ 5 milhões da estatal. O político tem o mandato de deputado suspenso e fica fora da linha sucessória da presidência, mas ainda mantém o foro no STF.


Confira na íntegra a decisão que afasta Cunha da Câmara
Um oficial de Justiça foi à residência oficial do presidente da Câmara logo no início desta manhã para entregar a notificação para Cunha. A assessoria de imprensa da Presidência da Câmara confirmou que o deputado recebeu a notificação. 
Eduardo Cunha está reunido com seus advogados e com deputados na residência oficial da presidência da Câmara e disse que vai apresentar recurso da decisão. Cunha está com o deputado Paulinho da Força (SD-SP) e Benjamin Maranhão (SD-PB)


Cunha será substituído pelo deputado Waldir Maranhão (PP-MA), que assim como o peemedebista, também é investigado na Operação Lava Jato. No afastamento de Cunha, Teori atende à um pedido de liminar feito pela Procuradoria Geral da República. O ministro aponta 11 situações em que o deputado teria utilizado o cargo para “constranger, intimidar parlamentares, réus, colaboradores, advogados e agentes públicos com o objetivo de embaraçar e retardar investigações”. A ação da PGR se refere à Cunha como “delinquente”.


O peemedebista também é alvo de outra denúncia na Operação Lava Jato. Cunha é investigado em três inquéritos e ainda há outros três pedidos de inquérito aguardando autorização para serem abertos. De acordo com o site Jota Info, o afastamento de Cunha não tem relação com a ação pautada no STF para hoje. O pedido da PGR aceito por Teori era anterior e datado de dezembro de 2015. 


Nesta quinta-feira, o plenário do STF analisa outra ação que também pede o afastamento de Cunha do cargo de presidente da Câmara. Apresentada pela Rede Sustentabilidade, a ação alega, entre outros pontos, que Cunha está linha sucessória da Presidência da República e, por ser réu em processo criminal, não poderia ocupar o comando do País em eventuais afastamentos do titular da Presidência da República.



Diario de Pernambuco




UMBUZEIRO PB: BANDO ARMADO TOCAM O TERROR NA CIDADE


UMBUZEIRO PB: BANDO ARMADO TOCAM O TERROR NA CIDADE



Madrugada violenta em Umbuzeiro, desta feita mais uma vez a agência do Banco do Brasil da cidade de Umbuzeiro na Paraíba foi assaltada. Segundo relatos de moradores ouviram.Rajadas de fuzil e explosões e graças a Deus sem vítimas. 

Parecia alguém comemorando alguma vitória após o jogo, logo depois o barulho passou de explosão que parecia fogos para tiros repentinos, rajada de fuzil, coisa jamais vista aqui em Umbuzeiro, em todo canto da cidade vários tiros. Comentou um morador nas redes sociais.




Bom Jardim Noticias




quarta-feira, 4 de maio de 2016

WI-FI É TESTADO EM ÔNIBUS DA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE


Os usuários das linhas de ônibus que circulam na Região Metropolitana do Recife começaram a receber internet gratuita dentro dos veículos. O Grande Recife Consórcio de Transporte iniciou os testes com a rede Wi-fi, na última quarta-feira (27), na linha 518 – Apupicos/RioMar (opcional), que liga a Zona Norte a Zona Sul da cidade.

A iniciativa oferece navegação sem custo aos usuários que estejam dentro do veículo, que podem acessar os navegadores (como Fire Fox, Safari, Google Chrome, etc), assim como as redes sociais Facebook, Twitter e Whatsapp. O projeto está sendo feito em parceria com a empresa espanhola, Etra, que disponibilizou os roteadores e com a operadora Vivo que concedeu os chips 4G. Os usuários podem acessar através dos dispositivos móveis, como tablet, smartphone e notebook.

Ao entrar no veículo, o usuário encontra o selo indicando que o veículo está equipado com Wi-fi. O passageiro deve selecionar a rede “WI-FI Grande Recife”. Ao abrir o navegador aparecerá uma página inicial do Consórcio e após isso, o usuário poderá utilizar o serviço normalmente. A rede consegue atender simultaneamente até 60 usuários conectados e não haverá acesso a conteúdos com imagens e vídeos.
De acordo com o diretor de Tecnologia da Informação do Consórcio, Fernando Guedes, a proposta é trazer mais comodidade aos passageiros durante a viagem. 

“Nossa intenção é sempre ofertar um serviço de mais qualidade aos usuários e estamos dando o primeiro passo para disponibilizar internet em toda a frota da RMR”. Após a fase de 30 dias de testes, será iniciado um processo licitatório para contratar a empresa que possibilitará a instalação do 4G nos três mil ônibus do sistema.


Grande Recife




Confirmados duas mortes em Timbaúba por febre chikungunya

Pernambuco confirma aumento de mortes por chikungunya e dengue


Pernambuco registrou aumento significativo no número de mortes confirmadas pela febre chikungunya em relação aos números da semana passada. O número de óbitos causados pela doença, ocasionada pelo mosquito Aedes aegypti, chegou a 20 em todo o estado contra 12 do levantamento anterior, do dia 26 de abril. Desses óbitos, nove aconteceram no Recife, dois em Jaboatão dos Guararapes, dois em Timbaúba, e uma morte em cada um dos seguintes municípios: Camaragibe, Igarassu, João Alfredo, Nazaré da Mata, Paulista, Toritama e Vitória de Santo Antão.


Os dados fazem parte do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta terça-feira (3) e que se refere ao período de 3 de janeiro a 30 de abril. Em uma semana, foram oito novas confirmações de mortes ocasionadas pela febre chikungunya.


O número de mortes confirmadas por dengue também cresceu em Pernambuco, que conta cinco óbitos ocasionados por essa arbovirose, nos seguintes municípíos: Caruaru, Jaboatão dos Guararapes, Olinda, Timbaúba e Venturosa. No boletim anterior, constava apenas uma morte por dengue, registrada em Caruaru, no Agreste.


"Em 2015, no mesmo período, foram 25 óbitos suspeitos de dengue e 8 com resultado laboratorial positivo para dengue", informa o boletim mais recente da secretaria. 
O número de notificações de óbitos suspeitos pelas arboviroses em Pernambuco se mantém em 199, assim como no boletim anterior.



Coisas de Timbauba 





Em Timbaúba, mais um estabelecimento comercial é alvo de assalto nesta terça (3)

 

Dupla armada de revólver, levou várias peças de roupas, sapatos e perfumes de loja localizada na área central do município.


Mais um estabelecimento comercial da área central do municipio de Timbaúba foi alvo de assalto. Dessa vez, a Loja Exclusive Moda & Informatica, localizada na Rua Dr. Alcebíades, nas proximidades da Compesa.

A Polícia Militar informou a reportagem do site Timbaúba Agora que por volta das 9 horas da manhã desta terça-feira (3), dois indivíduos armados de revolver entraram na loja e anunciaram o assalto.

A dupla conseguiu levar várias peças de roupas, sapatos e perfumes. Após a pratica do ato criminoso fugiram tomando destino ignorado. A Polícia Militar realizou diversas rondas pela cidade mas os suspeitos até o momento não foram identificados.

O caso foi registrado e será investigado pela 46ª Delegacia de Polícia de Timbaúba.


Timbauba Agora




Enfermeiros podem realizar consultas, exames e prescrever medicamentos


Enfermeiros podem prescrever medicamentos conforme respaldo legal

O Enfermeiro exerce um papel extremamente importante, além de suas competências fundamentais e privativas desenvolve ainda ações que integram a equipe de saúde, entre outras atribuições, como: realizar consultas de enfermagem, solicitar exames complementares e prescrever medicamentos.

No que concerne a prescrição de medicamentos têm surgido muitos questionamentos, envolvendo o respaldo legal diante de tais atribuições. Nesse enfoque o Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren-RO) vem destacar os parâmetros Éticos e Legais que respaldam a prática de prescrição de medicamentos do Profissional Enfermeiro,  ressaltando a Lei do Exercício Profissional 7.498./86,  a qual resguarda ao mesmo, privativamente a consulta de enfermagem e a prescrição de medicamentos, onde o mesmo texto foi reforçado no  Decreto 94.406/87, que regulamenta a Lei acima citada, e ainda amparo no  Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem  e  na  Portaria nº 1.625/07 do Ministério da Saúde que dispões sobre as atribuições do Enfermeiro das Equipes de Saúde da Família, que passou a vigorar com a seguinte redação.

Cabe ao Enfermeiro realizar consultas de enfermagem, solicitar exames complementares e prescrever medicações, observadas as disposições legais da profissão e conforme os protocolos, ou outras normativas técnicas estabelecidas pelo Ministério da Saúde.

Dessa forma, as atividades desempenhadas pelo Enfermeiro, estão resguardadas na Legislação Federal. Em função disso, a fim de defender os direitos desse profissional, o Coren-RO ressalta que ao desempenhar tais funções o Enfermeiro está legalmente exercendo sua profissão.

O Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia vem salientar ainda para que os profissionais se adéqüem a nova Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) Nº 44, de 26 de outubro de 2010, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a qual dispõe  sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, de uso sob prescrição de profissional devidamente habilitado, sendo permitidas somente receitas carbonadas para prescrição de medicamentos antimicrobianos, sendo retida a 1ª via da receita pela farmácia e a 2ª destinada ao usuário. A prescrição de antibiótico por Enfermeiro deverá ser efetuada em receituário institucional, a qual deverá ser destinada a todos os profissionais de saúde legalmente habilitados.

A prescrição de medicamentos por Enfermeiros é uma tendência Mundial, assim como no Brasil, já existem muitos países em que os Enfermeiros estão legalmente autorizados a prescrever medicamentos, a exemplo dos Estados Unidos, Canadá, Austrália, Inglaterra, Irlanda, Suécia, Nova Zelândia, África do Sul, França, Argentina e mais recentemente a Espanha. E para finalizar é importante destacar que a prescrição de medicamentos e a solicitação de exames é uma prática realizada por Enfermeiros, há mais de vinte anos, o que evidência que a medida agilizou, dinamizou e rentabilizou os serviços de saúde.

                                     Conselho alerta para adequação da RDC nº 44/2010 – ANVISA
                                 RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA – RDC Nº 44, DE 26 DE OUTUBRO DE 2010.

Dispõe sobre o controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, de uso sob prescrição médica, isoladas ou em associação e dá outras providências.

A Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no uso da atribuição que lhe confere o art. 11, inciso IV, do Regulamento da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, aprovado pelo Decreto n.º3.029, de 16 de abril de 1999, e tendo em vista o disposto no inciso II e nos §§ 1º e 3º do art. 54 do Regimento Interno aprovado nos termos do Anexo I da Portaria nº 354 da ANVISA, de 11 de agosto de 2006, republicada no DOU de 21 de agosto de 2006, em reunião realizada em 25 de outubro de 2010, e adota a seguinte Resolução da Diretoria Colegiada e eu, Diretor-Presidente, determino sua publicação:

Art. 1º Esta resolução estabelece os critérios para a embalagem, rotulagem, dispensação e controle de medicamentos à base de substâncias classificadas como antimicrobianos, conforme lista constante do Anexo a esta Resolução, de uso sob prescrição, isoladas ou em associação.

Parágrafo único. A dispensação de medicamentos contendo as substâncias listadas no Anexo a esta resolução, isoladas ou em associação, fica sujeita à retenção de receita e escrituração em farmácias e drogarias, nos termos desta resolução.
Art. 2º A dispensação de medicamentos a base de antimicrobianos de venda sob prescrição somente poderá ser efetuada mediante receita de controle especial, sendo a 1ª via – Retida no estabelecimento farmacêutico e a 2ª via – Devolvida ao Paciente, atestada, como comprovante do atendimento.
Art. 3º As prescrições somente poderão ser dispensadas quando apresentadas de forma legível e sem rasuras, por profissionais devidamente habilitados e contendo as seguintes informações:

I – nome do medicamento ou da substância prescrita sob a forma de Denominação Comum Brasileira (DCB), dosagem ou concentração, forma farmacêutica, quantidade (em algarismos arábicos e por extenso) e posologia;
II – identificação do emitente: nome do profissional com sua inscrição no Conselho Regional ou nome da instituição, endereço completo, telefone, assinatura e marcação gráfica (carimbo);
III – identificação do usuário: nome completo;
IV – identificação do comprador: nome completo, número do documento oficial de identificação,
endereço completo e telefone (se houver);
V – data da emissão; 
VI – identificação do registro de dispensação: anotação da data, quantidade aviada e número do lote, no verso.
Art. 4º A escrituração das receitas com medicamentos contendo as substâncias listadas no Anexo desta resolução, isoladas ou em associação, é obrigatória e deverá atender ao disposto no Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados (SNGPC).
Parágrafo único. Os estabelecimentos que não possuírem implantados os módulos do SNGPC
deverão proceder à escrituração em Livro de Registro específico para antimicrobianos, informatizado ou não, conforme modelo utilizado para registro de medicamentos sujeitos ao controle especial.

Art. 5º A escrituração de todas as operações relacionadas com substâncias e medicamentos antimicrobianos, isolados ou em associação, deve ser atualizada no prazo máximo de 7 dias.
§1º No Livro de Registro específico para antimicrobianos a escrituração deve ser realizada a caneta de forma legível, sem rasuras ou emendas e assinada pelo responsável técnico.

§2º No SNGPC ou livro informatizado, a escrituração deve ser realizada pelo responsável técnico com controle de acesso por senha pessoal e intransferível.
§3º As eventuais correções de escrituração no Livro de Registro específico, informatizado ou não, ou as finalizações de inventário no SNGPC devem ser devidamente registradas e justificadas em documento próprio, assegurando a rastreabilidade, para fins de fiscalização da Autoridade Sanitária Competente.

Art. 6º Na embalagem e rotulagem dos medicamentos contendo substâncias antimicrobianas constante da lista Anexa de que trata esta resolução deve constar, obrigatoriamente, na tarja vermelha, em destaque a expressão: Venda Sob Prescrição Médica – Só Pode ser Vendido com Retenção da Receita.

Parágrafo único. Na bula dos medicamentos a que se refere o caput deste artigo deverá constar,obrigatoriamente, em destaque e em letras de corpo maior de que o texto, a expressão: Venda Sob Prescrição Médica – Só Pode ser Vendido com Retenção da Receita.

Art. 7º Será permitida a fabricação e distribuição de amostra-grátis desde que atendidos os requisitos definidos em legislação específica.

Art. 8º Os estabelecimentos deverão manter a disposição das autoridades sanitárias a documentação fiscal referente à compra, venda, transferência ou devolução das substâncias antimicrobianas bem como dos medicamentos que as contenham.
Art. 9º Toda a documentação relativa à movimentação de entradas, saídas ou perdas de antimicrobianos deverão permanecer arquivadas no estabelecimento e à disposição das autoridades sanitárias por um período mínimo de 5 (cinco) anos após sua dispensação ou aviamento.

Art. 10. Fica estabelecido o prazo máximo de 180 (cento e oitenta) dias para adequação quanto à embalagem, rotulagem e bula.
Parágrafo único. As farmácias e drogarias poderão dispensar os medicamentos à base de antimicrobianos que estejam em embalagens com tarja vermelha, ainda não adequadas, desde que fabricadas dentro do prazo previsto no caput deste artigo.

Art. 11. A retenção das receitas de medicamentos, pelas farmácias e drogarias, contendo as substâncias listadas no Anexo desta resolução é obrigatória a partir de 28 de novembro de 2010.

Parágrafo único. As receitas de antimicrobianos terão validade de 10 (dez) dias a contar da data de sua emissão.
Art. 12. As farmácias e drogarias terão o prazo de 180 (cento e oitenta) dias para escrituração e adesão ao SNGPC.
Art. 13. O descumprimento das disposições contidas nesta resolução constitui infração sanitária, nos termos da Lei nº 6.437, de 20 de agosto de 1977, sem prejuízo das responsabilidades civil, administrativa e penal cabíveis.
Art. 14. Esta resolução entra em vigor na data de sua publicação.
DIRCEU RAPOSO DE MELLO



G1





Prazo para tirar título de eleitor para eleições deste ano vence nesta quarta

Interessados devem comparecer ao cartório mais perto de sua residência.
Veja os documentos necessários para tirar o título de eleitor.

Título de eleitor (Foto: Nelson Jr./ASICS/TSE/Divulgação)

O prazo para transferir o título de eleitor ou pedir a emissão do documento pela primeira vez (no caso de jovens com mais de 16 anos) termina nesta quarta-feira (4). Isso porque a solicitação deve ser feita até 151 dias antes da votação, que acontece em outubro, como estabelece o calendário eleitoral.


Quem está com o título cancelado por ter deixado de votar no último pleito também tem até esta quarta para regularizar a situação.

Neste ano, o primeiro turno das eleições municipais, que vão definir os novos prefeitos e vereadores, está marcado para o dia 2 de outubro. Nas cidades em que houver segundo turno, ele ocorrerá no dia 30.


Documentos necessários


Para tirar um novo título, é preciso apresentar documento oficial com foto e comprovante de residência. Quem completar 16 anos até a data do 1º turno pode requerer o documento, mas não é obrigado. Homens com mais de 18 anos também devem levar o certificado de quitação do serviço militar.


Transferência

Quem tem título mas mudou de cidade ou estado e quer pedir a transferência do domicílio eleitoral deve levar o título, um documento com foto e um comprovante de residência – é necessário residir no novo domicílio há pelo menos três meses. O prazo também vale para o eleitor que mudou de residência dentro do próprio município (já que o local de votação poderá ser alterado).

Regularização

Quem deseja regularizar a situação perante a Justiça Eleitoral deve comparecer ao cartório mais próximo de casa munido de documento oficial com foto e comprovante de residência. Além disso, é preciso pagar a multa por turno que deixou de votar.

Eleitor com deficiência

Nesta quarta termina também o prazo para o eleitor com deficiência ou mobilidade reduzida pedir a transferência do local de votação para uma seção eleitoral especial. Essas seções têm acesso facilitado, como rampas e elevadores.

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o cidadão com deficiência é um eleitor comum e tem a obrigação de votar, como todas as outras pessoas alfabetizadas que tenham entre 18 e 70 anos. No Brasil, o voto é facultativo para analfabetos, adolescentes entre 16 e 18 anos e idosos com mais de 70. Quem deixa de comparecer ao colégio eleitoral no dia do pleito e não justifica a ausência pode ter o título cancelado e ser proibido de obter financiamento em banco público, matricular-se em instituição federal, tirar passaporte e assumir cargo público.

Biometria

Nas cidades do país que terão votação com identificação biométrica (por meio das digitais), o eleitor passará pelo cadastramento eletrônico ao tirar um novo título, transferir o documento ou regularizar sua situação eleitoral.
O recadastramento tem sido feito, gradativamente, em todo o país. No site do TSE, o eleitor pode se informar sobre a situação ou a previsão do processo de recadastramento em cada cidade.



G1




terça-feira, 3 de maio de 2016

Em uma semana, PE confirma 5.548 novos casos de arboviroses

Estado registrou 5.637 novas notificações de doenças causadas pelo Aedes.
No mesmo período de sete dias, foram descartados 6.651 casos suspeitos.

  Aedes aegypti, mosquito transmissor de zika, dengue, chikungunya e febre amarela, é visto sobre pele  humana em laboratório  (Foto: Luis Robayo/AFP)

Em apenas uma semana, Pernambuco confirmou 5.548 casos de arboviroses e registrou 5.637 novas notificações de casos suspeitos das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. Nesse mesmo período de sete dias, o estado descartou 6.651 casos de dengue, febre chikungunya ou vírus da zika. Os dados integram o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES) nesta terça-feira (3).


chikungunya, que já ocasionou 20 mortes em Pernambuco, foi responsável por mais da metade dessas novas confirmações: são 3.343 casos confirmados a mais com relação aoboletim anterior, divulgado no dia 26 de abril. Com relação à dengue, Pernambuco confirmou 2.205 novos casos da doença, enquanto o número de pacientes que tiveram o diagnóstico confirmado da zika permaneceu inalterado, com 23 confirmações no estado.


Quanto aos casos descartados das arboviroses em Pernambuco, a maior parte foi também da febre chikungunya, com 4.548 descartes. Em seguida, vem a dengue, com 2.093 suspeitas descartadas; e a zika, com 10 casos de descarte da doença.Neste ano, de 3 de janeiro e 30 de abril,Pernambuco notificou 67.165 casos da dengue em 184 municípios e no distrito de Fernando de Noronha, com a confirmação de 12.320 deles. O último boletim da secretaria, divulgado no dia 20 de abril, registrou que 62.744 casos da doença estavam sendo investigados, dos quais 10.115 pacientes tiveram diagnóstico confirmado da doença.


Com relação às notificações de chikungunya, Pernambuco conta com 18.678  casos suspeitos, dos quais 3.732 foram confirmados e 4.994 descartados, em 184 municípios e em Fernando de Noronha. No boletim anterior divulgado pela Secretaria de Saúde de Pernambuco, foram 17.764 notificações, com 389 confirmações e 446 suspeitas descartadas, em 169 cidades do estado e em Fernando de Noronha.


Também foram notificados, em 142 municípios do estado e em Fernando de Noronha, 9.216 casos suspeitos do vírus da zika. Desses, o número de confirmações se mantém em 23, enquanto 171 casos foram descartados. 

No último boletim da secretaria, foram 8.914 notificações, o mesmo número de confirmações e 161 suspeitas descartadas.



G1





Elsa, de Frozen, pode assumir homossexualidade nos próximos filmes


"Temos noção do que está acontecendo na sociedade", afirmou o diretor do longa, Chris Buck




Personagem ficou conhecida por cantar "Let it go" no filme, música que ganhou popularidade entre a comunidade LGBT. Foto: Disney/Reprodução
Personagem ficou conhecida por cantar "Let it go" no filme, música que ganhou popularidade entre a comunidade LGBT. Foto: Disney/Reprodução


Como seria a sequência de Frozen - Uma aventura congelante se a personagem Elsa fosse lésbica? Essa é a pergunta que internautas têm feito através da hashtag #GiveElsaaGirlfriend (Dê a Elsa uma namorada). Os amantes da animação até esqueceram Jack Frost, de A origem dos guardiões, com quem frequentemente shippavam a rainha do gelo. Com estreia prevista para 2018, a produção poderá seguir o conselho dos fãs, já que ainda há tempo para isso. "Temos noção do que está acontecendo na sociedade", afirmou o diretor do longa, Chris Buck.


Apesar de ter sido idealizada em fevereiro deste ano, a campanha voltou a ganhar força neste fim de semana. Internautas fizeram uma série de postagens no Twitter para que, além do longa, o novo perfil da rainha seja abordado na adaptação deFrozen para a Broadway. O assunto entrou para os trending topics mundiais. 


Internautas desenharam uma namorada para Elsa. Foto: Twitter/Reprodução
Internautas desenharam uma namorada para Elsa. Foto: Twitter/Reprodução

Os adeptos da campanha acreditam que a homossexualidade da personagem pode ampliar a discussão do tema para o público infantil. A propostas é minimizar a falta de representatividade nos filmes para crianças, que costumam apresentar príncipes e princesas heterossexuais.


Em entrevistas, Chris Buck afirmou que a pesonagem passará por transformações, mas não aprofundou o tema. "Vamos abordar questões [no filme sequência] que fazem parte da realidade de vários meninos e meninas, homens e mulheres hoje em dia", disse.



Diario de Pernambuco